Arrastão II: humor

Ocorreu outro fenómeno interessante durante a semana.
De repente, deu um apagão na forma de fazer humor.
Tudo tinha de estar relacionado com o arrastão e a subtileza das piadas acabou.
Ouvi, na quinta feira seguinte ao arrastão, o Bispo Tadeu, dos cromos da TSF, fazer uns versinhos para as marchas populares que dizia “levar uma cacetada dum preto” ou uma coisa deste tipo, falando num “preto”.
Na sexta feira, foi outro cromo da TSF, a Pureza, que contava que tinha sido levada para a Cova da Moura, no dia do arrastão, por um caboverdeano que lhe dava imensos presentes: todos os dias dava telemóveis e até um carro lhe deu de presente.
Péssimo gosto. Péssimo exemplo.
Deixei de ouvir os cromos, tirando o único bom, que é o José Pedro Gomes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s