Ocidente, Marquez, Nassif

Ontem fui ao Sarau Elétrico, no Ocidente, sobre Gabriel Garcia Marquez. O Ocidente parecia outro lugar. No Sábado passado, eu, a Iá e o Fer tínhamos ido lá tentar dançar e passamos o tempo todo nadando num mar de gente, que se movimentava como ondas em dia de tempestade. Parecia os santos populares em Alfama, só que num lugar fechado. Foi uma experiência, deu até para rir enquanto a corrente nos levava. De facto, nunca tinha rido tanto numa situação dessas. Bom, mas ontem então, eu, a Iá e o Fer regressamos ao mesmo lugar. Juntou-se a Mari e eu me reencontrei com meu parceiro de sarau Carlinhos.
O debate foi bom como sempre, não é passível de grandes explicações.
A canja foi do guitarrista Rodrigo Nassif (que está já ali nas músicas). Gostei bastante. E ser experimental, ou seja, um negócio diferente do que se ouve todo o dia, ajuda muito.
* A foto é na Voluntários da Pátria, em Porto Alegre
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s