92

uma maldade grande do destino quis que o benfica tombasse em dois jogos fundamentais da época no mesmo minuto, o 92. as duas derrotas eram possíveis. no entanto, é dramática a síntese perfeita do morrer na praia. as quedas deram-se não só no final das competições globais, mas também nasceram através de golos fatais, apontados no fim dos jogos decisivos. um resumo cruel de uma grande época do benfica, que tem uma bela equipa, um bom treinador e que, mesmo nas decisões, jogou bem e fez as opções corretas, as que tinham de ser. acreditar e olhar para a frente, nada mais resta. seria do domínio do sádico que o destino quisesse maltratar ainda mais – e o que ocorreu já é suficientemente difícil de engolir – o coração de qualquer adepto do benfica esta época. venha a taça. e, se pudesse ser, para compensar tudo isso, um milagre no próximo domingo em paços ferreira.
outro benfiquista também faz seu desabafo, com outras palavras.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s