plataforma

estavamos no meio de uma plataforma. o rio douro passava por baixo de nós e o sol começava a se esconder: estava à nossa altura. em algum lugar, ali naqueles montes, alguém devia conseguir tocar e aquecer as mãos na superfície da estrela. próximos de peso da régua, na rota do douro vinhateiro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s