Quem rege quem?

O grave tom do violoncelo dialoga com o mais pequeno dos violinos, a viola. Parece aconselhá-la a ter bom senso, cautela, comedimento. Entretanto, a percussão indica o caminho oposto, com as suas extravagantes passadas. Mesmo o piano, embriagado por sua beleza própria, concede atenção às notas da viola, desautorizando o sisudo e circunspeto violoncelo.
Neste ínterim, os restantes violinos mantêm o andamento. As flautas buscam compreensão. Trouxeram uma planície ensolarada à sinfonia e, de repente, enveredaram por uma anarquia ordenada, similar a uma movimentada avenida da cidade.
Os concentrados músicos, no meio disto, trabalham, suam, mexem-se. Pensam serem eles os senhores que comandam os seus instrumentos. Pouco mais são, na verdade, do que joguetes musicais. O próprio maestro, que, ingenuamente, julga ser o mais autónomo governante da sua orquestra, é o seu maior escravo. Proclama que rege, com a sua batuta, a romântica máquina musical. Mas quem rege quem? Quem rege o regente?
O compositor sentado perto de mim, aqui na plateia, arroga-se o direito de ser o general desta armada melódica. Pensa que o facto da partitura por si elaborada estar à frente de cada um dos músicos, cada qual com seu instrumento, faz dele o Deus omnipresente, a consciência mais profunda dos sons que emanam e que enchem cada recanto do auditório. No entanto, mesmo ele está enganado. Às vezes, ele próprio, qual filósofo, questiona-se sobre as origens da linguagem musical, perfeita e organizada, na qual se exprime.
Mas, não indo tão longe, imaginemos que os instrumentos revoltam-se, que partem as cordas, que desafinam. Um motim repentino, que lance no mais limpo dos acordes, uma infinita dissonância. O compositor, o maestro e os instrumentistas assistiriam, sem reação, ao despedaçar das atmosferas que pretendessem criar. Uma brisa transformar-se-ia em tempestade.
Não há hierarquias na música.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s