De volta

Já há uns dias regressado de férias, fui convocado para trabalhos urgentes. Por isso, nem uma palavra sobre o regresso a Lisboa foi estampada aqui. Mesmo este post é um mero subterfúgio, uma tentativa esquiva de quebrar o enguiço, porque isso de conseguir escrever num repente também se enferruja.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s