Festejos de ontem

Brincarmos com o carro, andarmos de um lado para o outro à frente de casa – muito exercício nos momentos em que não vem aquele braço a virar-se para trás, a exigir independência; à ida, o carro de corridas no banco de trás, ao lado da cadeirinha, com um suspiro de alívio e de satisfação – inseparáveis; depois ir ao japonês e era a curiosidade com os pauzinhos e com aquela grelha ali ao fundo – muita concentração a ver o homem a mexer nas comidas com as espátulas; depois passear na Avenida da Igreja e enchermos o pé com uma areia fininha que, ao colo, carimbaria as calças de um pai; depois irmos a um parque na Estados Unidos da América, andar de escorregador, ver o senhor com o cão e chegarmos todos à conclusão que o melhor era ir para o Jardim da Estrela, para vermos mais gente; mas, cumpridas as expectativas, chegados ao Jardim da Estrela um dos tripulantes já dormia; daí seguimos: Belém, Carcavelos, Cascais, Guincho, Malveira da Serra, Ericeira, Sintra e voltar. Temos de fazer isso mais vezes. Ao chegar à casa, o costume: carrinhos, a pista, bolas, playmobis, garrafas de água e de leite, panelas. Tanta coisa e ainda assim muito mais calmo do que há um ano atrás.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s