a montanha e os carros

carros

As estradas daquela grande montanha – toda ela feita de uma rocha negra, estranhamente macia – não eram as mais fáceis. Foi complicado subir. Mais ou menos a meio do caminho encontramos um parque de estacionamento. Todos estacionavam ordeiramente. As exceções eram dois carros, um amarelo e um vermelho, que circulavam para além do riacho. Olhando de forma desavisada o riacho parecia a divisão entre duas almofadas de um sofá.

Anúncios

2 thoughts on “a montanha e os carros

  1. Me arrepiei da cabeça aos pés. E olhando desavisadamente o menino parecia o seu pai quando. Não fosse pelo sotaque, que seu pai em criança nem pensava em ter, o desavisado diria convicto que não era do menino que se tratava, mas de seu genitor. Que hoje tão alegremente tratava de transformar sofás em cenários rochosos e vice-versa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s