Olhar para o mar

O medo tomou conta do que é dele por direito. Lembro do som da primeira bomba a explodir ao fundo da nossa rua. Os estilhaços destruíram as paredes de vários prédios. A nossa varanda virada para o mercado ficou impraticável.

O avião, iluminando a noite, prosseguia o seu voo, depois de despejar este engenho aqui no bairro. Ficamos nós a gerir o resultado desta violência, enquanto o piloto talvez trauteasse o hino do seu país, uma canção que fala da igualdade dos povos. Propósitos humanitários justificaram a intervenção militar da nação que deixou esta enorme ferida aberta na nossa avenida. Todo este humanismo despedaçou centenas de lares civis.

Pela manhã dei um beijo ao meu filho, que saía para a escola. Era o esforço para que as rotinas não ficassem totalmente desfeitas, como estava tudo o que nos envolvia. É impossível pensar que uma bomba que cai dos céus é como um trovão que acidentalmente atinge uma casa. Porém, o que restava era caminhar em frente.

Como um enxame de insetos portadores de morte, mais uma série de caças tomou os céus durante outra tarde. Os esconderijos, não muitos, ficaram com a lotação esgotada. Outros brasões vinham proteger-nos, voavam sobre nossas cabeças. No entanto, não vinham com uma artilharia de amor pendurada nas asas. Traziam mísseis, e vários deles acabaram por atingir as nossas vidas, as nossas famílias.

Sabendo que mais aviões encaminhavam-se para ajudar o desenvolvimento da nossa democracia, resolvemos passar uns dias longe da nossa cidade, numa vila próxima. Ao longe, ouvimos a tempestade de maldade e de morte que se abatia sobre as nossas casas.

Há umas semanas, começamos a olhar para o mar. Umas ondas falam-nos de salvação, outras falam-nos de perda. Cansado da palavra morte, tento aprofundar o conceito de esperança. Confesso que é difícil.

[Também publicado aqui.]

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s