Portugal Campeão da Europa!

Breves notas:

– Ronaldo foi agredido aos 6 minutos de jogo. Começa aqui a história do jogo. O grande mérito desta seleção está sintetizado na gestão da lesão do Ronaldo. Esta equipa tinha muito mais do que futebol vistoso. Quando outras equipas teriam atirado a toalha ao chão, com o seu capitão afastado propositadamente, este Portugal aceitou isto, mas não aceitou a derrota;

– Ronaldo foi um grande líder, juntamente com Fernando Santos. Ronaldo veio para junto dos colegas, para o banco, para dizer: vamos ganhar isto de qualquer maneira. Se Fernando Santos e Ronaldo tivessem decidido que ontem era dia de ir à lua, talvez também tivessem conseguido;

– Uma seleção que vence mesmo quando joga mal é um ótimo sinal. Contra a Croácia comecei a acreditar na final. Aquele banho de água fria que o Quaresma deu nos croatas, na segunda parte do prolongamento, era um excelente indício. Espera-se o tempo que for preciso só a defender bem e à frente da baliza comemora-se, à mínima oportunidade. Magnífico;

– Quando a França venceu a Alemanha pensei que estava tudo estragado. Previ um gamanço sem precedentes. O que de facto ocorreu. Mas, ao mesmo tempo, no domingo acordei com aquele sentimento de que tinha de ser. Podia não ter sido. Felizmente foi;

– E depois há o Éder. Quando ele entrou eu contei lá em casa a lenda do Gabiru: super mal amado pela torcida, deu o título de campeão do mundo ao Inter contra o todo poderoso Barcelona. Comentei que era tão bom se se repetisse. Obrigado para sempre Éder.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s