Portugal Campeão da Europa!

Breves notas:

– Ronaldo foi agredido aos 6 minutos de jogo. Começa aqui a história do jogo. O grande mérito desta seleção está sintetizado na gestão da lesão do Ronaldo. Esta equipa tinha muito mais do que futebol vistoso. Quando outras equipas teriam atirado a toalha ao chão, com o seu capitão afastado propositadamente, este Portugal aceitou isto, mas não aceitou a derrota;

– Ronaldo foi um grande líder, juntamente com Fernando Santos. Ronaldo veio para junto dos colegas, para o banco, para dizer: vamos ganhar isto de qualquer maneira. Se Fernando Santos e Ronaldo tivessem decidido que ontem era dia de ir à lua, talvez também tivessem conseguido;

– Uma seleção que vence mesmo quando joga mal é um ótimo sinal. Contra a Croácia comecei a acreditar na final. Aquele banho de água fria que o Quaresma deu nos croatas, na segunda parte do prolongamento, era um excelente indício. Espera-se o tempo que for preciso só a defender bem e à frente da baliza comemora-se, à mínima oportunidade. Magnífico;

– Quando a França venceu a Alemanha pensei que estava tudo estragado. Previ um gamanço sem precedentes. O que de facto ocorreu. Mas, ao mesmo tempo, no domingo acordei com aquele sentimento de que tinha de ser. Podia não ter sido. Felizmente foi;

– E depois há o Éder. Quando ele entrou eu contei lá em casa a lenda do Gabiru: super mal amado pela torcida, deu o título de campeão do mundo ao Inter contra o todo poderoso Barcelona. Comentei que era tão bom se se repetisse. Obrigado para sempre Éder.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s