Cult

É verdade: o Rodrigo ontem não queria ir para casa para ficar ouvindo Cult no carro. No intervalo das músicas dizia: “mais”. E ai de mim que interrompesse uma música a meio para procurar outra melhor. Começava logo a rabujar e só parava para rir, contente, quando voltava a tocar alguma faixa do cd. Prometi-lhe que, em casa, iríamos continuar a dança e ele ficou super feliz ao ouvir “she sells sanctuary”. O rock´n´roll ainda pode ter salvação.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s