Adamastor

Já não o via há mais de uma década e tive um pressentimento estranho. Tive uma intuição inexplicável. Comecei a sentir o cheiro da sua cigarrilha no meio de minha sala. Era impossível, mas imaginei onde ele estaria naquele momento. Minha mulher e meu filho dormiam. Beijei-os a ambos e me atirei na noite.

A pé, atravessei a madrugada fria da cidade. Era assim que fazíamos. Tínhamos os nossos pés e a nossa voz, que libertávamos nos longos serões poéticos, na cave do nosso clube lírico na Rua da Rosa. Sentia-me a caminhar nos nossos versos. As pedras da calçada continham palavras que rimavam ao som dos batuques da sola dos meus sapatos a encontrar-se musicalmente com o chão. Lisboa canta em cada detalhe, era a nossa tese, o nosso destino.

Num rasgo de pensamento cruzei mais travessas e ali estava eu, às três da manhã, no Miradouro de Santa Catarina, no Adamastor. Poucos sobravam, em pequenos grupos, depois da tarde que certamente teria sido animada por ali. Olhei para o entorno e para o rio, lá em baixo. O último soneto do caderno dizia que a perda aparente é a perda verdadeira também. Não há meia perda. A perda é completa.

Não tinha vindo de madrugada para encontrar-me com a perda e isso surpreendeu-me. Deixei-me ficar por algumas horas naquela atmosfera. O dia começou a raiar e levantei-me para ir para casa, para a minha vida. Reparei no que estava escrito no banco, na madeira rasgada por um canivete: pela manhã a figueira grande tombou e os figos doces espalharam-se.

O frio ia sendo substituído por uma brisa mais quente. Na esplanada vi um prato de figos sobre uma mesa. Ao lado do prato, o caderno do nosso clube. Sentei-me e peguei na caneta. Ele apareceu de seguida, com a sua cigarrilha.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s